Gaguinho no boteco

Um gago entra em um boteco e pede ao garçon:

-Me dddá dá dá u umm uma co coca?

E o garçom pergunta:

– Po po ppode sssser di die diet?

O gaguinho pensou que o garçon também era gago e respondeu:

– Cccla cla claro!!! Então o garçom deu-lhe a coca. Depois entrou um cara e pediu:

-Garçom, me dá uma coca?

E o garçom:

-Pode ser diet?

Então o gaguinho presenciando a cena ficou irritado e foi tirar satisfação:

– Vo vvo você t tt tá tá me me zuan ando?

E o garçon fala baixinho em seu ouvido:

-Nãa nãaaa não. E e eeeeu t tto ttô zzu zuan do é eee ele!!!

Cabo eleitoral valentão

No dia das eleições, um cabo eleitoral metido a valente falou para os eleitores:

– Quem votar nulo vai apanhar!

Conforme os eleitores saíam da zona eleitoral ele perguntava em quem a pessoa tinha votado, se a pessoa falava que votou nulo ele batia na pessoa.

Quando um gago saiu da zona eleitoral, o sujeito perguntou:

– Em quem você votou!?

O gago respondeu:

– Eu votei nulu nulu nulu…

Então o cabo eleitoral deu uma surra no gago. Depois de levar a surra, o gago levantou e reclamou:

– Fi fi fi filha da puta, eu votei nulu nulu nu Lula!