Bicha ambulância

Três bichinhas estavam conversando sobre o que cada uma gostaria de ser, se elas pudessem escolher:

– Ai, eu gostaria de ser uma bola de futebol!! – disse a primeira.

– Bola de futebol?! – exclamaram as outras duas.

– Sim! Já imaginou, eu num campo de futebol, 20 homens me chutando, me disputando e dois homenzarrões me agarrando. Tudo isso durante 90 minutos! AAAAAAAAHHH! Ia ser demais!!

– E mesmo! – concordaram as outras duas bichonas.

Aí foi a vez da segunda, que mandou essa.

– Eu gostaria de ser um campo de futebol!

– Campo de futebol?! Você tá doida?! – disseram as outras duas molecass.

– Imagina só aqueles mesmos 22 jogadores, me pisando o tempo todo, caindo por cima de mim, com aquelas camisas suadas! AAAAAAhhh! Eu ia ficar doida!!

A terceira bicha não se conteve:

– Ah é, vocês duas não sabem de nada! Eu queria é ser uma ambulância!!!

– Ah, não agora nós não entendemos! – replicaram as outras dondocas.

– Imagina só, eu estou na minha, vem dois enfermeirões, me abrem por trás e ai enfiam um homem toooodinho por trás, e eu saio pela cidade que nem uma doida gritando. UUUUAAUUUAUUUUAAAUUUUAAAAAA!!!!!!!!

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Digg
  • del.icio.us
  • email
  • Add to favorites

Delinquente juvenil

Dois menininhos estavam na saída do Estádio de São Januário quando um deles foi atacado por um Rottweiler feroz.

O outro menino imediatamente pegou um pedaço de pau e deu na cabeça do cachorro, fazendo com que o cão caísse morto e o amiguinho ficasse apenas com alguns arranhões.

Ao ver a cena, um repórter que passava correu para ser o primeiro a cobrir a fantástica história.

Pensou em voz alta:

– Já estou até vendo a manchete: “Jovem vascaníno salva amigo de animal feroz!”.

– Mas eu não sou vascaíno – disse o menino.

– Me desculpe, apenas presumi que fosse, já que estamos na saída do São Januario… Então vou escrever: “Bravo pequeno tricolor evita tragédia com amigo!”.

– Mas eu também não sou tricolor – disse novamente o menino.

– Ok, então: “Pequenino Botafoguense vira herói!”.

– Não sou botafoguense, moço.

– Mas, afinal, pra que raio de time você torce?

– Sou Mengoooooooooo!

E o repórter escreve em seu caderninho:

“DELINQUENTE JUVENIL ASSASSINA BRUTALMENTE CACHORRINHO ADORÁVEL!!!”

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Google Bookmarks
  • LinkedIn
  • Digg
  • del.icio.us
  • email
  • Add to favorites